10 de março de 2009

Viver a vida

Pois é caro Paixão, é a crise dos 40 em toda a sua força e eu que amanhã faço 43.
Mas não vale a pena pensar sobre o assunto.
Depois dos 40, a vida acelera inexorávelmente e as mazelas começam a aparecer (eu vou ter mais uma, de pouca monta felizmente, mas já é a terceira desde que entrei nos "entas")
Apenas há uma coisa a fazer.
Viver a Vida!

5 comentários:

Manuel disse...

Deixem, ao passar os cinquenta isso cura-se...

Paulo disse...

Podes crer, amigo. Tens toda a razão.
Abraço.

João Amorim disse...

E não nos podemos queixar, com tanto comprimido para tudo... só não inventaram nada para a "alma".

Portaria ILEGAL disse...

Está mal disposto?
Vá aqui: http://portaria-59.blogspot.com/2009/03/o-melhor-pais-do-mundo.html

contradicoes disse...

Emmbora extemporaneamente deixo-lhe os parabéns pelas 43 primaveras. Sobre a interrogação que coloca pergunto não está arrependido de ser a pessoa que é. Um abraço